Diário de Viagem - Buenos Aires

Na última semana, entre os dias 6 e 11 de janeiro, estive em Buenos Aires. Neste post vou dar as principais dicas para você que pretende visitar a capital Argentina.

Buenos Aires é uma cidade muito bonita, arborizada e de modo geral segura. As principais avenidas são bem largas. Além disso, observei que as ruas não são esburacadas. A cidade possui muitos parques que, são muito bem aproveitados pela população para caminhar, fazer piquenique, sentar e ler um livro e até mesmo para as crianças brincarem.

Em Buenos Aires, existem cerca de 40 favelas. Abaixo está a de número 30, localizada no bairro da Recoleta, o mais caro da cidade.



Onde comer?

Café Martinez - Possui várias filiais pela cidade. Experimentei um wrap com queijo branco, frango e tomate seco e tomei um cappuccino com doce de leite (uma delícia) - adorei o cardápio!

Pizzaria Los Maestros - A pizza argentina tem uma massa mais grossa, igual a da Pizza Hut, porém é leve.

Restaurante Cucina D'Onore - é um restaurante italiano localizado em Puerto Madero. Como viajei pela CVC, o pacote pela agência saía mais barato R$ 70,00 por pessoa ou $ 260,00 (pesos) por pessoa - incluindo bebida, entrada, prato principal e sobremesa. Mas, dei uma olhada no cardápio, o prato que comemos (eu e meus pais), era um rizoto que saía em torno de $ 260,00 - fora a bebida, prato de entrada e sobremesa.



Café Tortoni - É muito bom, mas é caro. A conta para três pessoas ficou em $ 788,00 (pesos). Porém, não deixe de conhecer. Este café era frequentado por Carlos Gardel e seus amigos.
Rondo Point – Localizado no bairro Palermo, é um dos restaurantes mais glamourosos. É frequentado por celebridades.






Pontos e passeios turísticos

Plaza de Obelisco – usada para as comemorações.



Plaza de Mayo – onde fica a Casa Rosada. Usada para protestos. Infelizmente, como na maioria das grandes cidades, o local é sujo e moram muitos mendigos. Os Tucamanos estavam acampados no local. 




Bairro da Recoleta – é o mais glamouroso de Buenos Aires e onde está localizada a parte cultural. Junto com o bairro Palermo, está mais ao norte da cidade. Antigamente, era onde moravam as famílias aristocratas, que copiavam construções de castelos europeus. Atualmente, os dois bairros estão mais modernos.

Cemitério da Recoleta - cemitério público onde foi sepultada Evita Perón.

Escultura da Mafalda – localizada no bairro San Telmo (o mais antigo de Buenos Aires), por onde passaram muitos imigrantes, que construíram contiços. Se você ainda não foi a Buenos Aires, se prepare, pois ela é pequena e fica sentada num banquinho em uma esquina, se não tiver fila para tirar foto, você passa batido pela Mafalda.



Feirinha de San Telmo – feirinha de artesanato que corta o bairro inteiro e chega até a Plaza de Mayo. Lá você encontra lembrancinhas, doce de leite, artigos em couro, prata, entre outros.



Bairro de La Boca – onde está localizado o estádio do Boca Juniors, o La Bombonera, é um bairro mais colorido e com muitos cortiços.




El Caminito – é o famoso bairro com casinhas coloridas.





Zoo de Lujan – este zoológico está localizado na cidade de Lujan (cerca de 40 min. de Buenos Aires), mas atualmente quem vai a capital argentina não deixa de ir a este zoo. A principal atração é tirar fotos com tigres e leões. Na entrada, você tem a opção de comprar alimentos para alimentar os animais menores.





















Señor Tango – A casa de shows é considerada a melhor de Buenos Aires. O lugar é lindo e o show é maravilhoso. O atendimento é ótimo. No local, você pode jantar. Pedi como entrada um creme de espinafre muito bom! Não é permitido tirar foto e, fazer filmagem do espetáculo.







Puerto Madero – um dos bairros mais novos e mais seguros de Buenos Aires.

















Passeio pelo Delta do Tigre – passeio de barco pelo Rio Paraná, na cidade de Tigre. É possível ver muitas populações ribeirinhas. Essas pessoas são atendidas por barcos da prefeitura para irem trabalhar ou irem à escola.




Comentários

Postagens mais visitadas